Posts about social projects, happiness and random thoughts.
Hugo Menino Aguiar

Se cair, caí!

se cair, caí!

[PT only]

O avô dava um empurrão à bicicleta do topo de uma descida e o miudo pedalava até cair uns metros à frente. O avô não lhe explicava a mecânica da bicicleta nem as leis da física. Era um empurrão, olha para a frente, não olhes para trás, e pronto. Quantos de nós não aprenderam a andar de bicicleta assim?

Agora imagina que o miudo não aprendeu a andar de bicicleta. Tem agora 30 anos e quer aprender. Exactamente ali e da mesma forma – a pedalar do topo da descida. Primeiro, ia ler uns artigos na web, ver videos, ler sobre quedas e talvez umas página do livro de física. O mais triste é que provavelmente não ia correr o risco de cair… Estou mesmo a imaginá-lo: “preciso de me preparar melhor antes de começar”. Só dá vontade de gritar, salta para a bicicleta e aprende praticando, porra!

Porque é que começamos a evitar cair à medida que ficamos mais velhos?

A informação vale muito. O conhecimento está aí. E isso é potente e permite-nos sonhar, sermos o que quisermos. Mas a informação não nos pode bloquear. Só com informação não se faz nada. Muitas vezes já sabemos o que temos que fazer e não é por isso que o fazemos. Quem quer emagrecer sabe que tem que fazer uma dieta cuidada; quem quer tirar boas notas sabe que tem que estudar/aplicar-se mais. Não é essa informação, de forma exclusiva, que faz com que as pessoas passem a fazer a dieta ou a estudar mais.

Medo de cair? A vida é hoje. Qual é o problema de cair? É preciso ação. É este “preciso de aprender mais umas coisas” que faz com que não faças nada, nunca.

Lemos, falamos com pessoas, vamos a workshops, vemos videos sem nunca percebermos que não estamos a produzir. O melhor momento para começar foi ontem. A ideia de um dia termos uma epifania de “agora sim, estou preparado e não vou cair” – não vai acontecer. É claro que agir e ter resultados dá muito trabalho e requer que se cresça (e rápido!). Pergunta ao Cláudio da Preguiça Magazine, ao Pedro que decidiu viajar e usufruir, ao Tiago da Go Youth Conference ou à Alina que faz voluntariado.

 
Comments
 
Comments

No comments yet.